25 junho 2012

Nem todo coquetel com cachaça é uma caipirinha



Estive presente no 3º Concurso Nacional de Coquetelaria Expocachaça em Belo Horizonte, nos dias 08 e 10/06. Eventos assim são ótimos para quem concorre e para quem assiste. Neles podemos conhecer novas técnicas, combinações e ver profissionais de outras cidades virando garrafas. Foi muito importante para movimentar a cidade e divulgar a coquetelaria.
 
Tivemos concorrentes fortes do Rio de Janeiro e São Paulo e os melhores especialistas de Belo Horizonte. Fiquei surpreso com o alto nível dos inscritos. Alguns coquetéis apresentados eram dignos de anos de estudo e experiência. 


Coquetéis finalistas do concurso

04 junho 2012

3º Concurso Nacional de Coquetelaria em Belo Horizonte - Expocachaça-2012

Acontecerá entre os dias 07 e 10 de junho o 3º Concurso Nacional de Coquetelaria EXPOCACHAÇA 2012. As inscrições estão abertas e para competir basta criar um coquetel original usando a cachaça como principal ingrediente alcoólico.

O concurso é aberto para profissionais, amadores e entusiastas. Será uma boa oportunidade para ver como o destilado mais popular do Brasil pode ser misturado e batido. Eu estarei lá para conferir tudo!

As inscrições poderão ser feitas até as 20h do dia 07/06/2012. Acesse o regulamento no site da MixingBar, crie um coquetel e boa sorte!

27 maio 2012

22 fevereiro 2012

Xarope Radioativo

Se você também fica com preguiça de dissolver o açúcar na panela (igual qualquer pessoa normal), aqui vai um truque: use o microondas!

Coloque o açúcar (refinado ou cristal, tanto faz) em um recipiente de vidro refratário ou cerâmica que sejam adequados para esse tipo de forno. Depois é só colocar um pouquinho de água - apenas o suficiente para o açúcar ficar úmido, parecendo uma pasta.

Algo como 10 segundos na potência máxima devem ser suficientes. Assim você fica com um xarope mais espesso, de ótima consistência, e com muito mais açúcar-por-água do que usando o método da panela.

29 dezembro 2010

Scoth Blossom

Sugestão para um delicioso drink de verão:



Scoth Blossom

60 ml de uísque (Scotch)
30 ml de xarope de mel (2 partes de mel e 1 parte de água)
30 ml de suco de limão
4 a 8 folhas de hortelã

Bater em uma coqueteleira com gelo e coar em um copo com gelo. Finalizar com club soda.

27 junho 2010

O 'Corto Maltese'



Ingredients:

  • 4/10 Havana Club Rum
  • 4/10 Suco de abacaxi (Pineapple juice)
  • 1/10 Cointreau
  • 1/10 Suco de limão (Lime juice)
  • Algumas gotas de Grenadine (a few drops)
  • Cereja para decorar (a cherry)
Coloque os ingredientes dentro de uma coqueteleira, na ordem descrita acima.

Bata vigorosamente e sirva em um copo com gelo.

22 abril 2010

Gimlet


Descobri hoje que um dos meus escritores favoritos, Raymond Chandler, gostava muito de beber gimlets. Fui atrás da receita, e, para meu desespero, descobri que ela simplesmente não existe.

O gimlet é um preparo meio aleatório e permissivo, assim como os sours. Sendo assim, aqui vão alguns possibilidades de receitas para experimentação:

Eric Felten:
  • Gelo
  • 2 doses de Gin ou Vodka
  • 1/2 dose de Suco de limão
  • 1/4 a 1/2 dose de Xarope de açúcar
  • Decore com uma fatia de limão

William L. Hamilton:
  • 4 partes de Vodka
  • 1 parte de suco de limão
  • Decorar com uma casquinha de limão (twist)

Gary Regan:
  • 2 doses de Gin
  • 1/2 dose de Suco de limão
  • Decore com uma fatia de limão

Stuart Woods:

"Tire 6 doses de Vodka de uma garrafa de 750 ml bottle; coloque na garrafa 6 doses de suco de limão adoçado, adicione um pouquinho de água para formar alguns cristais de gelo, misture bem e coloque no congelador de um dia para o outro. Sirva em taças de martini. O vidro vai congelar imediatamente."

Cameron:
  • 1/4 de Suco de limão
  • 3/4 Gin
  • Misture bem e coloque em um copo alto com gelo e complete com Club Soda.

Não preciso nem dizer que quanto melhores forem os ingredientes, melhor vai ficar o drink. Experimente com Stoli ao invés Orloff, e com Beefeater's ao invés de Seager's... e saúde!

22 fevereiro 2010

A Vaca de Vodka!

20 fevereiro 2010

Robôs que fazem drinks!

14 novembro 2009

Bebidas da Antiguidade

Apenas por curiosidade, vejam como os povos antigos faziam suas bebidas:

Goró Neolítico (China, 7000 a.C.)
  • Mastigue grãos de arroz para que a diastase da sua saliva quebre as moléculas de carboidrato em açúcares simples.
  • Cuspa tudo em um pote.
  • Dilua um pouco de mel para ativar suas propriedades de fermentação.
  • Misture tudo com suco de frutas e deixe fermentar.

Cerveja Godin Tepe (Mesopotâmia, 3500 a.C)
  • Deixe grãos de centeio brotarem e depois torre-os para deixá-los maltados.
  • Moa os grãos com rochas basálticas.
  • Adicione água.
  • Adicione frutas ou mel para começar a fermentação.
  • Coloque alguns rabanetes para dar gosto.
  • Beba direto do garrafão com um canudo comprido.

Soma Centro-Asiático (Turcomenistão, 2000 a.C.)
  • Em uma bacia grande, amasse algumas efedras, plantas de maconha e papoulas.
  • Filtre suco de frutas através de um funel cheio de lã.
  • Misture com vinho de uva.
  • Beba e espere até as árvores começarem a dançar, as cobras começarem a falar, e o céu ficar vermelho.

Bronze Age Nordic Grog (Denmark, 1400 BC)
  • Fermente o suco de alguns cowberries e cranberries.
  • Fermente grãos de trigo.
  • Acrescente mirtilos do pântano, pólen de limoeiro, e trevos brancos.
  • Misture e divirta-se.